Jornalismo UFSC
  • Vagas para estágio obrigatório não-remunerado – 2019.2

    Publicado em 31/05/2019 às 8:35

    O JOR/UFSC ofertará dez vagas para realização de estágio obrigatório não-remunerado nos Laboratórios do Departamento em 2019.2.

    O Edital e o formulário de inscrição podem ser acessados no menu esquerdo, seção Departamento de Jornalismo, Vagas para Estágio Obrigatório.


  • Professor da Universidade de Dortmund visita o Departamento de jornalismo

    Publicado em 26/05/2019 às 15:02

    Com a perspectiva de firmar laços entre a Universidade Federal de Santa Catarina e a Universidade de Dortmund (Alemanha), na terça-feira, dia 28 de meio, o professor e pesquisador Marcus Kreutler estará no Departamento de Jornalismo para compartilhar o modo como produzem conteúdos em sua instituição e conhecer formas de produção de conteúdos através de disciplinas (ensino), projetos (extensão ou pesquisa) e a estrutura da graduação e da pós-graduação em Jornalismo.

     

    Conheça o cronograma da visita:

     

    Dia 28 de Maio de 2019
    09:30 – Sala Drummond/Bloco B/CCE
    Apresentação dos Projetos de Dortmund
    Palestrante: Marcus Kreutler
    Público: Alunos da Pós-graduação, Graduação e professores do JOR envolvidos nas atividades dos Projetos de Ensino e de Extensão
    Zero Jornal; Cotidiano, TJUFSC, Rádio Ponto UFSC, FotoLivre, entre outros.

     

    11:30 – 14:00 – Intervalo para o Almoço

     

    14:30 – 18:00 – Apresentação das práticas de produção em nossos Laboratórios dos Projetos de Ensino e de Extensão.


  • Gilka Girardello fala sobre Jornalismo cultural para crianças

    Publicado em 26/05/2019 às 14:42
    Texto: Luana Moreno. Comunica! Empresa Júnior de Jornalismo.
    Fotos: Sara Tomaz.  Comunica! Empresa Júnior de Jornalismo.

     

    Os alunos do curso de Jornalismo tiveram a oportunidade de conhecer o trabalho da professora da Pós-graduação em educação, Gilka Girardello, no dia 23 de maio. A palestra faz parte das comemorações dos 40 anos do curso.

     

    A palestrante contou um pouco da sua trajetória de 20 anos no curso de jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina. Seu trabalho voltou-se às disciplinas de redação e a eletiva de jornalismo cultural para crianças, que começou a lecionar após a realização de seu mestrado em Nova York, onde pesquisou a criança inserida no jornalismo.

     

    Em sua exposição destacou a importância de dar espaço de fala para as crianças sem deixá-las expostas. Não existe um certo ou errado nesse caso, cada situação deve ser analisada levando em conta o código de ética dos jornalistas, mas Gilka sugere, “se está em dúvida não use”.

     

    Outro tema abordado foi o acesso que as crianças têm à conteúdos que não foram pensados para elas, como é o caso dos telejornais e programas de rádio. Para tal situação existem dois caminhos complementares: é preciso ensinar os pequenos a serem críticos, mas também é necessário que os jornalistas compreendam que parte do seu público está composto por crianças. Para finalizar, Gilka mostrou na prática seu trabalho com contação de histórias, e claro, as protagonistas do conto eram as crianças.

     

    Gilka Girardello é formada em Comunicação Social pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Mestre Interdisciplinar em Ciências Humanas pela New School for Social Research de Nova York e Doutora em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo. É Professora titular da Universidade Federal de Santa Catarina, atua no Programa de Pós-Graduação em Educação, dentro da Linha Educação e Comunicação.