UFSC » Jornalismo UFSC
Departamento e Curso de Jornalismo

Jornalismo promove debate entre candidatos ao cargo de reitor
Publicado em 29/10/2015 às 8:17

As equipes do TJ UFSC, do Jornal-laboratório Zero, da Rádio Ponto  promovem um debate entre as duas candidaturas ao cargo de reitor da UFSC. O encontro é nesta quarta-feira, 28, a partir das 19h, com duração de uma hora e 20 minutos.

O debate será mediado pelo professor do curso e programa de pós-graduação em Jornalismo, Rogério Christofoletti e pelo bolsista da Rádio Ponto, acadêmico Guilherme Longo. As duas chapas que disputam o segundo turno confirmaram presença: “A UFSC pode mais” (Cancellier e Alacoque) e “UFSC +” (De Pieri e Bebeto).

O segundo turno das eleições à Reitoria da UFSC está marcado para o dia 11 de novembro e poderão votar docentes, servidores técnicos-administrativos e alunos de todos os campi da UFSC, localizados em Florianópolis, Araranguá, Joinville, Curitibanos e Blumenau. Além deles, também podem participar funcionários e alunos com mais de 16 anos do Colégio de Aplicação. Os votos válidos serão ponderados na proporção de um terço para cada categoria.

A transmissão do debate será ao vivo pela Rádio Ponto (www.radioponto.ufsc.br) e pelo TJ UFSC (http://server.stream.ufsc.br/cce_estudiotv). O link para stream só funciona no navegador Internet Explorer. A TV UFSC também fará a transmissão do debate.

Por Dener Alano

Rádio Ponto, TJ UFSC e Zero Jornal na cobertura das eleições
Publicado em 21/10/2015 às 11:00

A grande cobertura convergente das Eleições para a Reitoria da Universidade Federal de Santa Catarina está no ar desde 8 horas da manhã, horário que iniciou a votação. Uma cobertura da Rádio Ponto, em parceria com o telejornal TJ UFSC e o Zero Jornal, mídias de laboratório do Curso de Jornalismo. A todo momento, boletins informam o andamento do processo de votação. Nossos estudantes repórteres percorrem todos os locais de votação no campus central do bairro Trindade, em Florianópolis, capital do estado, e também nos outros campi, localizados nos municípios de Araranguá, Curitibanos, Joinville e Blumenau. Acompanham ainda os candidatos no momento em que votam e nos seus esforços finais em busca do voto. 39 mil eleitores – professores, servidores técnicos e estudantes – têm direito a votar nestas eleições 2015 para a reitoria da UFSC. A cobertura é produzida também em parceria com a Rádio UDESC, da Universidade Estadual de Santa Catarina, que igualmente escolhe sua próxima reitoria hoje. Na UDESC, 13 mil eleitores podem votar. Acesse www.radioponto.ufsc.br e fique sabendo tudo sobre as eleições para as reitorias da UFSC e da UDESC . O site da Ponto abre no navegador Internet Explorer.

A grande reportagem multimídia – ou longform – As quatro estações de Iracema e Dirceu
Publicado em 23/09/2015 às 12:16

Texto: Silvio Costa Pereira

http://www.clicrbs.com.br/…/DC_quatro_estacoes_i…/index.html

foi o tema da aula aberta realizada em uma parceria entre o curso de Graduação em Jornalismo, com a professora Maria José Baldessar e o Programa de Pós-Graduação em Jornalismo – POSJOR da UFSC, em 16 de setembro de 2015, com a jornalista Ângela Bastos e o editor de arte Fábio Nienow, ambos do Diário Catarinense.

A reportagem, cuja versão online tem construções um pouco diferenciadas para computador, tablet e smartphone, é composta por narrativas textuais, em fotos, vídeos, áudio e gráficos. Ela também foi publicada impressa, no dia 21 de junho

(veja em pdf:http://edition.pagesuite-professional.co.uk/launch.aspx…),

e tem como complementos online um webdoc
(http://www.clicrbs.com.br/…/DC_quatro_estacoes_…/webdoc.html) e

uma galeria de fotos (http://diariocatarinense.clicrbs.com.br/…/as-quatro-estacoe…).

Por fim, o material também teve uma versão veiculada na RBS TV (http://g1.globo.com/…/reportagem-especial-acompanh…/4270554/).

Ângela e Fábio explicaram que o material foi adaptado para os diferentes dispositivos ou mídias. Por exemplo, na versão impressa as fotos puderam ser abertas em tamanho maior, no online o diário da repórter pode ser apresentado em áudio, e na versão para smartphone os textos ficaram mais enxutos. “O designer não pode ter a mesma cabeça para o impresso e para o online”, explicou Fábio. No entanto, a identidade visual foi mantida em todos eles.
A reportagem está centralizada na narrativa textual, tendo as fotografias também um papel importante. “Vídeos e áudios são como aspas na reportagem”, disse Ângela Bastos. Por isso eles são sempre curtos.

O trabalho nasceu quando a repórter percebeu, a partir do Censo de 2010, que havia miseráveis em Santa Catarina (http://www.censo2010.ibge.gov.br/sinopse/index.php…),

mas que um estudo do IPEA http://www.ipea.gov.br/…/st…/PDFs/100713_comuni58pobreza.pdf)

sugeria que seria possível erradicar essa miséria até 2016, e que o estado poderia ser o primeiro no país a fazer isso. Sendo repórter especial do DC, Ângela propôs aos editores acompanhar uma família que estivesse nessa faixa, por um longo tempo. O trabalho foi realizado ao longo de 2 anos e 7 meses, sendo que 4 a 5 meses foram investidos para montar as diversas versões.

Além do texto, produzido por Ângela, foram usadas fotos e vídeos, feitos por ela e pelo repórter fotográfico Charles Guerra. Ângela usou uma câmera compacta – a mesma que foi emprestada ao menino Mateus para fazer as imagens que constam em ‘Outono’ -, enquanto Charles usou uma DSLR. O olhar do menino, aliás, traz um diferencial interessante, por mostrar ao leitor um viés adicional ao da jornalista. O diário da repórter é outra diferença deste para reportagens tradicionais, pois apresenta ao leitor informações adicionais, de cunho mais pessoal, mas que mesmo assim agregam na narrativa e auxiliam a compreender o contexto.

  • Administradores do Site
  • 1960 - 2015 - Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) | Central Telefônica - (48) 3721-9000 |
  • Última atualização do site foi em 07 de janeiro 2016 - 11:00:16
SeTIC
Páginas UFSC