Jornalismo UFSC
  • 40 anos: Jornalismo UFSC homenageia professores

    Publicado em 04/04/2019 às 15:10

    O Curso de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina, no marco dos seus 40 anos, realiza homenagem aos professores Sergio Mattos, Daniel Herz e Adelmo Genro Filho, que contribuíram com a trajetória do curso, a formação de seus alunos, e com o campo do jornalismo como um todo.

    O reconhecimento ao trabalho dos três docentes se dará com a designação de espaços físicos do curso com seus nomes. Os laboratórios de TV passarão a chamar-se Espaço  Professor Sergio Ferreira Mattos. A colocação da placa comemorativa ocorrerá no dia 08 de abril, às 10h, seguida de uma aula aberta realizada pelo Professor Fernando Antônio Crócomo.

    Daniel Herz terá seu nome na Laboratório de Pesquisa (hemeroteca). A placa será fixada no dia 11 de abril, 9h, com uma aula aberta do Professor Áureo Moraes, que ocorrerá na sala 145. Já Adelmo Genro Filho terá seu nome relacionada à uma sala de aula. A homenagem ocorrerá no dia 17 de abril, na sala 041 às 14h, e a aula aberta estará a cargo do Professor Samuel Lima.

     

    Conheça os homenageados:

    Sergio Ferreira de Mattos, mais conhecido como Serginho Mattos, ingressou à UFSC como Professor no Curso de Jornalismo em 1982, dedicando-se especialmente ao rádio e a televisão. Foi, ainda, Supervisor de estágio, Chefe de Departamento e Diretor do Centro de Comunicação e Expressão (CCE). Nascido em Porto Alegre,  em 15 de Maio de 1949, fez parte da primeira turma do Curso de Jornalismo da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), em 1970. Trabalhou na TV Gaúcha, TV Educativa, Rádio Guaíba e Rádio Continental e na revista Manchete. Fez Mestrado em Ciências da Comunicação na Universidade de São Paulo (USP) e Doutorado em Comunicação Audiovisual e Publicidade na Universidade autônoma de Barcelona. Faleceu em 2010 de insuficiência respiratória, na cidade de Florianópolis mas seu corpo foi velado e sepultado em sua terra natal.

    O jornalista Daniel Koslowsky Herz foi um dos fundadores do Curso de Jornalismo da UFSC, onde foi Professor e Chefe de Departamento. É recordado pela sua luta pela democratização da comunicação, uma de suas principais conquistas foi a Lei do Cabo, em que emissoras públicas e comunitárias passaram a ser veiculadas na televisão por assinatura. O autor do livro A história secreta da Rede Globo, nasceu em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, em 1954. Em 1977 concluiu a Faculdade de Jornalismo pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Unisinos. Na década de 1980 dirigiu a Federação Nacional de Jornalistas e foi conselheiro do Conselho de Comunicação Social, o qual ajudou a implantar. Faleceu em maio de 2006 em decorrência de um câncer.

    Adelmo Genro Filho foi Professor no curso de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), na década de 1980. O Mestrado em Ciências Sociais realizado nesta mesma instituição resultou na Tese O Segredo da Pirâmide: Para uma teoria marxista do jornalismo, que anos mais tarde se tornaria um dos livros mais referenciados na área da Teoria do Jornalismo. Adelmo é natural de São Borja, Rio Grande do Sul, onde nasceu em 25 de dezembro de 1951. Formou-se em Jornalismo na pela Universidade Federal de Santa Maria, em 1975.  Dedicou sua vida à docência, pesquisa e militância, esteve envolvido como movimento estudantil e organizações de resistência ao regime militar. Morreu em Florianópolis, em 1988, em consequência de uma virose.

     


  • Aula Magna com o Professor Nilson Lage

    Publicado em 04/04/2019 às 14:13

     

    O Curso de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina realiza Aula Magna “40 anos de Jornalismo: da objetividade às fakenews”, proferida pelo Jornalista e Professor Nilson Lage, na terça-feira 9 de abril, às 9h30, no Auditório Henrique Fontes, bloco B, do Centro de Comunicação e Expressão, Campus Trindade.

    O evento conta com mediação do Jornalista e ex-presidente da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj)  Sérgio Murillo de Andrade e do Professor Eduardo Medistch e faz parte das comemorações dos 40 anos do Curso.

    Nilson Lage é Jornalista, com mais 50 anos de atividade profissional, Doutor em Linguística e Filosofia, Mestre em Comunicação e Bacharel em Letras. Foi professor titular da Universidade Federal de Santa Catarina e Professor Adjunto da Universidade Federal do Rio de Janeiro.  Autor de livros como A reportagem: teoria e técnica de entrevista e pesquisa jornalística”, “A linguagem jornalística”, “Teoria e técnica do texto jornalístico” e “A estrutura da notícia”.


  • Ciclo de homenagens à professores do Curso

    Publicado em 04/04/2019 às 13:40

    Texto: Luana Moreno – Comunica! Empresa Júnior de Jornalismo

    No marco dos 40 anos do nosso curso, serão homenageados os professores Sergio Mattos, Daniel Herz e Adelmo Genro Filho, que contribuíram com a trajetória do curso, a formação dos alunos, e com o campo do jornalismo como um todo.

    O reconhecimento aos três docentes se dará com a designação de espaços físicos do curso com seus nomes. Os laboratórios de TV passarão a chamar-se Espaço Professor Sergio Mattos. A colocação da placa comemorativa ocorrerá no dia 08 de abril, às 10hs, seguida de uma aula aberta realizada pelo Professor Fernando Antônio Crócomo.

    Daniel Herz terá seu nome na hemeroteca. A placa será fixada no dia 11 de abril, 9hs, com uma aula aberta do Professor Áureo Moraes, que ocorrerá na sala 145. Já Adelmo Genro Filho terá seu nome relacionada à uma sala de aula. A homenagem ocorrerá no dia 17 de abril, na sala 041 às 14hs, e a aula aberta estará a cargo do Professor Samuel Lima.

    Conheça os homenageados:

     

    Sergio Ferreira de Mattos

    Sergio Ferreira de Mattos, mais conhecido como Serginho Mattos, ingressou à UFSC como Professor no Curso de Jornalismo em 1982, dedicando-se especialmente ao rádio e a televisão. Foi, ainda, Supervisor de estágio, Chefe de Departamento e Diretor do Centro de Comunicação e Expressão (CCE).

    Nascido em Porto Alegre,  em 15 de Maio de 1949, fez parte da primeira turma do Curso de Jornalismo da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), em 1970. Trabalhou na TV Gaúcha, TV Educativa, Rádio Guaíba e Rádio Continental e na revista Manchete. Fez Mestrado em Ciências da Comunicação na Universidade de São Paulo (USP) e Doutorado em Comunicação Audiovisual e Publicidade na Universidade autônoma de Barcelona. Faleceu em 2010 de insuficiência respiratória, na cidade de Florianópolis mas seu corpo foi velado e sepultado em sua terra natal.

     

    Daniel Koslowsky Herz Foto: J.Freitas

    Daniel Koslowsky Herz foi um dos fundadores do Curso de Jornalismo da UFSC, onde foi Professor e Chefe de Departamento. É recordado pela sua luta pela democratização da comunicação, uma de suas principais conquistas foi a Lei do Cabo, em que emissoras públicas e comunitárias passaram a ser veiculadas na televisão por assinatura.

    O autor do livro A história secreta da Rede Globo, nasceu em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, em 1954. Em 1977 concluiu a Faculdade de Jornalismo pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Unisinos. Na década de 1980 dirigiu a Federação Nacional de Jornalistas e foi conselheiro do Conselho de Comunicação Social, o qual ajudou a implantar. Faleceu em maio de 2006 em decorrência de um câncer.

    Adelmo Genro Filho

    Adelmo Genro Filho foi Professor no curso de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), na década de 1980. O Mestrado em Ciências Sociais realizado nesta mesma instituição resultou na Tese O Segredo da Pirâmide: Para uma teoria marxista do jornalismo, que anos mais tarde se tornaria um dos livros mais referenciados na área da Teoria do Jornalismo.

    Adelmo é natural de São Borja, Rio Grande do Sul, onde nasceu em 25 de dezembro de 1951. Formou-se em Jornalismo na pela Universidade Federal de Santa Maria, em 1975.  Dedicou sua vida à docência, pesquisa e militância, esteve envolvido como movimento estudantil e organizações de resistência ao regime militar. Morreu em Florianópolis, em 1988, em consequência de uma virose.