Cronograma de Eleições – Chefia do Departamento e Coordenação do Curso

22/05/2018 14:34

CRONOGRAMA DE ELEIÇÕES
CHEFE E SUB-CHEFE DO DEPARTAMENTO DE JORNALISMO
COORDENADOR E SUBCOORDENADOR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM JORNALISMO

A Comissão Eleitoral, designada pela Portaria n°. 078/2018/CCE, de 16 de maio de 2018, no âmbito de suas atividades, torna público o cronograma do processo eleitoral para escolha do (a) Chefe e Sub-Chefe do Departamento de Jornalismo e do (da) Coordenador (a) e Subcoordenador (a) do Curso de Graduação em Jornalismo, conforme disposto nos Editais de Convocação n°. 04/2018/CCE e n°. 05/2018/CCE, de acordo com o calendário que segue abaixo:

Evento Data
Publicação do Edital 16 de maio de 2018
Inscrição de Chapas

(na Secretaria do Departamento de Jornalismo)

de 21 a 29 de maio de 2018

(das 08h00 às 12h00 e das 14h00 às 18h00)

Homologação das Chapas 30 de maio de 2018
Campanha Eleitoral de 30 de maio a 11 de junho de 2018
Eleições

(na Secretaria do Departamento de Jornalismo)

11 de junho de 2018

(das 08h00 às 12h00 e das 14h00 às 17h00)

Apuração dos Votos 11 de junho de 2018

(a partir das 17h00)

Homologação do Resultado Final 12 de junho de 2018

Florianópolis, 18 de maio de 2018.

Jornalista Daniela Arbex faz palestra no Jornalismo UFSC

22/03/2018 11:44
O Departamento de Jornalismo da UFSC promove, na segunda 26 de março, às 8h30, no auditório henrique Fontes/CCE, a Aula Magna de abertura do semestre 2018/1. A convidada é uma das maiores repórteres investigativas em atividade no país: Daniela Arbex, repórter especial do jornal Tribuna de Minas (Juiz de Fora/MG). Ela vai falar sobre jornalismo, reportagem e metodologia de investigação jornalística, além de compartilhar  os bastidores de seu último livro “Todo dia a mesma noite: a história não contada da boate Kiss”, lançado no começo de 2018. O evento é aberto ao público e os participantes receberão o certificado de participação.
Quem é Daniela Arbex
A jornalista é formada em Comunicação Social na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e especializada em Comunicação e Cultura. É autora do recém-lançado “Todo dia a mesma noite”, livro que narra a história não contada da boate Kiss e que já está entre os 20 mais vendidos do país. Também assina o best-seller “Holocausto brasileiro”, eleito Melhor Livro-Reportagem do Ano pela Associação Paulista de Críticos de Arte (2013) e segundo melhor Livro-Reportagem no prêmio Jabuti (2014). Com mais de 300 mil exemplares vendidos no Brasil e em Portugal, a obra ganhou as telas da TV, em 2016, no documentário produzido com exclusividade para a HBO, com exibição em mais de 40 países. Seu mais recente sucesso, “Cova 312”, foi o vencedor do Prêmio Jabuti em 2016 na categoria livro-reportagem. A obra aborda a ditadura de uma forma que a história oficial nunca fez. Uma das jornalistas mais premiadas de sua geração, Daniela tem mais de 20 prêmios nacionais e internacionais no currículo, entre eles três prêmios Esso, o americano Knight International Journalism Award (2010) e do prêmio IPYS de Melhor Investigação Jornalística da América Latina (2009). Há 20 anos trabalha no Jornal Tribuna de Minas, onde é repórter especial.

Egressa do Jornalismo UFSC fala sobre o desafio de trabalhar no exterior

19/03/2018 10:35

O Departamento de Jornalismo convida os estudantes do curso e comunidade universitária  para uma conversa com a jornalista Francis França sobre a experiência de trabalhar como jornalista em outro país e a necessidade de estar preparado para atuar no exterior, no dia 21 de março, às 14h30, no Auditório Henrique Fontes (prédio B do CCE). A entrada é livre e os presentes poderão requerer certificado de participação.

Francis França é graduada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2006. Atualmente é chefe de redação da Deutsche Welle, na Alemanha. Já foi repórter e editora na agência de notícias Ambiente JÁ e repórter na revista Empreendedor. Foi para a Alemanha em 2009 com uma bolsa para jovens jornalistas da Fundação Heinz Kühn, por meio da qual estagiou na redação da “DW em português para a África” e na redação brasileira da emissora. Na DW Brasil atuou como repórter e editora do site e produtora e apresentadora do programa “Camarote 21”. Concluiu o mestrado em Estudos de Mídia Internacional pela Deutsche Welle Akademie em 2012, e chefia a redação da DW desde fevereiro de 2016.